Porto Velho/RO, 21 Março 2020 09:17:35

SolanoFerreira

coluna

Publicado: 21/03/2020 às 09h17min

A-A+

O prejuízo é certo em todo o mundo e todos devem pagar

O impacto da pandemia do coronavirus é certo em todo o mundo. Os prejuízos são assustadores. O secretário-geral da Organização das..

O impacto da pandemia do coronavirus é certo em todo o mundo. Os prejuízos são assustadores. O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, declarou como ‘praticamente certo’ que a economia global entre em recessão por essa razão. A OIT (Organização Internacional do Trabalho), que prevê que “os trabalhadores em todo o mundo poderão perder até mesmo US$ 3,4 trilhões de receita até o fim deste ano.

Os líderes dos países que integram o G20 devem realizar uma cúpula de emergência por vídeo, na próxima semana, para discutir a situação do coronavírus e buscarem soluções econômicas para seus países.

No também é certo que os danos serão terríveis. O setor de turismo foi o primeiro a sentir a dor da perda. Segundo dados da CNC (Confederação Nacional do Comércio), somente nos 15 primeiros dias de março, o volume de receita do segmento encolheu 16,7% em relação ao mesmo período do ano passado, uma perda equivalente a R$ 2,2 bilhões. A soma total das perdas nesse setor será de até 115,6 mil empregos formais.

Em todo o Brasil, o setor de varejo que responde por 80% do PIB (Produto Interno Bruto) deve ser o mais afetado. A média nacional de redução das vendas chega a 50% nessa última semana. Os números dos prejuízos podem ser maiores dependendo de como transcorrer a crise e o fenômeno do coronavirus no país, uma vez que aumentou o contágio doméstico (aquele entre pessoas que não viajaram).

O que dizem é que a pandemia veio rápido e também desaparecerá numa mesma velocidade. Tanto que no Japão e China, onde tudo começou, as federações de futebol já planejam a volta de seus campeonatos para o mês de abril. Se assim seja rápido para desaparecer!


Deixe o seu comentário

sobre Solano Ferreira

Editor-Chefe do Diário da Amazônia. Comunicador Social e Marketing/ Mestre em Geografia. Atua na Gestão Estratégica e Gerenciamento de Crise.

Arquivos de colunas