Porto Velho/RO, 15 Outubro 2020 10:04:16

SolanoFerreira

coluna

Publicado: 15/10/2020 às 10h04min

A-A+

Rondônia tem vocação para o desenvolvimento sustentável

O projeto REDD+ que o Governo de Rondônia vem realizando na Reserva Extrativista do Rio Cautário, considerado o maior do gênero no..

O projeto REDD+ que o Governo de Rondônia vem realizando na Reserva Extrativista do Rio Cautário, considerado o maior do gênero no país, pode desmistificar a ideia dos predadores da floresta nativa, que pregam que é melhor derrubar do que preservar. O volume de negócios com o estoque de carbono (CO2) será comercializado e o assunto ganhou destaque na agenda econômica do governo estadual. O modelo já despertou interesse de outros estados que também pretendem ganhar dinheiro com a floresta de pé.

O pressuposto do projeto é que, o volume econômico a ser faturado com o projeto é maior do que os modelos econômicos em pratico, com o desmatamento aleatório e predatório dando lugar para a pecuária e monocultura. Através da economia verde que ganha proporções no mundo inteiro, a ideia é tornar a reserva alto-sustentável e conciliar exploração extrativista com recomposição de áreas degradadas.

Um outro modelo em pratica em Rondônia é a concessão do manejo sustentável na Floresta Nacional do Jamari. As áreas exploradas por talhões são recompostas e em pouco tempo a floresta está formada novamente, promovendo a manutenção do bioma e gerando recursos econômica de forma ordenada e controlada.

O olhar de Rondônia para o valor econômico do ecossistema avança sem perder suas tradições. No passado, o estado foi projetado através do zoneamento sócio-econômico-ambiental, realizado pelo Projeto Planafloro, que evitou o desmatamento descontrolado, preservou as áreas com minérios para explorações futuras, expandiu a agropecuária, enfim, formulou um projeto a longo prazo que garantiu o rápido desenvolvimento de forma sustentável. Tudo indica que o Estado poderá seguir na linha de conciliar desenvolvimento com sustentabilidade, desde que aplique projeto com modelos firmados em resultados. 


Deixe o seu comentário

sobre Solano Ferreira

Editor-Chefe do Diário da Amazônia. Comunicador Social e Marketing/ Mestre em Geografia. Atua na Gestão Estratégica e Gerenciamento de Crise.

Arquivos de colunas