Porto Velho/RO, 11 Dezembro 2019 17:20:24

    CarlosSperança

    coluna

    Publicado: 07/12/2019 às 09h19min

    A-A+

    25ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP25)

    Apocalipse climático  Prevista inicialmente para se realizar no Brasil, a 25ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças..

    Apocalipse climático 

    Prevista inicialmente para se realizar no Brasil, a 25ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP25) foi em seguida enxotada para o Chile, de onde também acabou afugentada, até encontrar refúgio na Espanha.

    A Conferência foi expulsa da América por uma crise causada pelo desprezo às políticas de Estado, avariadas pelas manias e preferências pessoais dos governantes, parentes e aderentes. Evo Morales reconheceu não ter sido capaz de atender às aspirações da classe média ascendente, que silencia e confia por longo tempo, mas quando explode costuma pôr abaixo o que encontra.

    Não só a COP25 deveria estar se realizando no Brasil, onde há menos tumultos que na própria Espanha atualmente, mas o mundo deveria estar de joelhos diante do Brasil, vertendo lágrimas de gratidão e abrindo generosamente seus cofres para reforçar os recursos destinados a salvar a humanidade do Apocalipse climático.

    Por incapacidade dos líderes brasileiros de sentir a importância do evento como ímã para investimentos no país, o que se vê hoje não é o mundo de joelhos diante do Brasil em agradecimento: é o Brasil de joelhos, tentando mendigar recursos que antes desprezou. Ainda há tempo de salvar o mundo, mas é preciso autocrítica e ação positiva. Prender bandidos reais sem fantasiar sobre vilões imaginários.

    ……………………………………….

    Orçamentos 2020

    Já se sabem os valores dos orçamentos do Estado de Rondônia e do município de Porto Velho para o ano que vem cujos projetos serão votados nos próximos dias. O orçamento da capital rondoniense foi estimado em R$ 1,56 bilhão, enquanto que o estadual foi fixado em R$ 8,5 bilhão. Logo depois da aprovação das peças orçamentárias vereadores e deputados estaduais entram em recesso. 

    Questão de economia

    Temos uma nova corrida de academicos rondonienses aos cursos de medicina na Bolivia, Paraguai e Argentina, com preços mais acessiveis. No caso do Paraguai, o academico pode residir em Foz do Iguaçu e estudar em Ciudade Del Leste, é só atravessar a ponte. Para os rondonienses, podendo morar em Guajará Mirim é só atravessar o Rio Mamoré em Guayaramirim. No Brasil se gasta quase R$ 10 mil de mensalidade, lá e acolá, R$ 2 mil para tudo e ainda sobra.

    Centro de convenções

    Sucessivos governos rondonienses sonharam com mega projetos, mas o que vai restar mesmo será a construção do anunciado centro de convenções de Rondônia, no antigo Paque dos Tanques na gestão do  atual governador Marcos Rocha. Angelim sonhou com o Centro Administratvo na Av. Lauro Sodré, onde foi sede da Teleron. Raupp e Confucio, com o Centro Multieventos na região do Aeroclube com estádio, bumbódromo, nova rodoviaria, cento de convenções etc.

    Cartilha da reeleição

    Por falar em Marcos Rocha (PSL), o mandatário esta cumprindo rigorosamente a cartilha de governadores reeleitos. Durante seu primeiro ano de mandato pagou os salarios religiosamente em dia, no mês trabalhado, como ocorreu com os manda-chuvas Ivo Cassol e Confúcio Moura. Até nos defeitos de Ivo e Confucio, Rocha segue: saúde e segurança em pandarecos, mas que não afetaram a reeleição dos ex-governadores.

    Culpa em cartório

    A Assembléia Legislativa de Rondônia voltou a receber a Polícia Federal, deixando toda a classe política rondoniense em pânico durante o final de semana. É que maracutaias não acontecem apenas no Legislativo estadual e como tem muita gente com culpa em cartório, o pavor se estendeu pelo estado inteiro. Muitos corruptos, diante da possibilidade de cana, estão tremendo até agora e por isto, os pobrezinhos vão precisar até de psicólogos! 

     

    Via Direta

    *** E na capital rondoniense, nunca antes neste país, teremos tantos candidatos à vereança evangélicos, militares e apresentadores de rádio e televisão*** E também muitos aprendizes de corruptos se preparando para a batalha*** Depois dos confrontos, retomadas as cirurgias plásticas para rondonienses para seios, bumbuns e de novas virgindades em Cochabamba e Santa Cruz de La Sierra, na Bolivia*** Com preços módicos, tem uma nova caravana de pacientes a caminho ***Conhecendo tanta gente em Rondônia com mais de 75 anos de idade fica dificil acreditar na estatistica do IBGE que nosso estado tem o mais baixo indice de expectativa de vida no País*** Mesmo com a crise e com a Bolivia em pé de Guerra, o comércio de Guajará Mirim, na fronteira, tem a expectativa de aumentar em até 10 por cento suas vendas em dezembro.

     


    Deixe o seu comentário

    sobre Carlos Sperança

    Um dos maiores colunistas político do Estado de Rondônia. Foi presidente do Sinjor. Foi assessor de comunicação do governador José Bianco entre outros. Mantém uma coluna diária no jornal Diário da Amazônia.

    Arquivos de colunas