porto velho - ro, 20 Julho 2019 06:08:02

Carlos Sperança

coluna

Publicado: 23/12/2018 às 06h29min

A- A+

Atacar quem pensa diferente pode funcionar ao contrário

O castigo de quem ataca Atacar quem pensa diferente pode funcionar ao contrário. Em redes sociais, combater encarniçadamente uma ideia..

O castigo de quem ataca

Atacar quem pensa diferente pode funcionar ao contrário. Em redes sociais, combater encarniçadamente uma ideia pode enfiá-la nos tópicos principais. Assuntos irrelevantes, sem relação com os verdadeiros problemas nacionais, assumiram desastrosamente o centro das discussões, substituindo debates sobre dominância fiscal (ninguém sabe como ficará a Previdência), bônus demográfico ou armadilha da renda média.

A fotógrafa Claudia Andujar despertou a atenção mundial por ter sido expulsa do Brasil e impedida de voltar à região dos índios Yanomami, no interflúvio Orinoco-Amazonas, há 41 anos. A expulsão a projetou: um trabalho que poderia se esgotar ali mesmo, na década de 1970, levou Cláudia, ao lado do antropólogo Bruce Albert, à proposta amplamente divulgada, mundo afora, de criar o Parque Yanomami.

Hoje com 87 anos, a fotógrafa abre em dois andares do Instituto Moreira Salles, em SP, uma exposição que seguirá aberta até abril do ano que vem e depois vai ao Rio de Janeiro, para ficar até março de 2020. Ninguém sabe mais quem a perseguiu e a expulsou, mas muitos, no Brasil e no exterior, e cada dia mais, ouvem falar dela, de sua luta e dos índios.

Um simples diálogo teria encerrado o assunto há décadas. A arrogância irracional via de regra conduz a resultados imprevistos.

……………………………..

MDB nas paradas

Não é mais possível esconder. O MDB volta ao poder com a posse do governador Marcos Rocha em janeiro. O ex-governador Confúcio Moura, eleito senador, é aliado de primeira hora do seu ex-secretário e terá, como também os Raupps e Mosquini, bom espaço na administração. O partido estará alinhado ao novo governo na Assembleia Legislativa na base de sustentação parlamentar.

Feliz Natal!

A coluna de hoje augura um Feliz Natal ao nosso quadro de servidores, aos nossos leitores, aos internautas que nos prestigiam nos jornais eletrônicos, aos fornecedores do nosso rotativo e ao bravo povo de Rondônia tão judiado nos últimos anos. Voltamos depois do Natal, já vislumbrando um ano novo com novas perspectivas para nossa combalida economia.

Bloco de oposição

Isolando o PT, o PDT, PC do B e PSB já formaram um bloco de oposição na Câmara dos Deputados ao futuro governo de Jair Bolsonaro. A iniciativa deixa claro que todas as três siglas abandonaram o barco furado de Lula e já tem até presidenciável definido para daqui há quatro anos,  que é o ex-ministro Ciro Gomes (PDT). Como se vê, a política com novos rumos a partir de 2019.

Crime migrando

Ano após ano o crime organizado vai migrando em direção à política com negociatas em todas as esferas, nas municipais, nas estaduais e federais. Ocorre que os lucros são maiores do que com o tráfico de entorpecentes e bem mais fácil de se safar com a justiça, sempre morosa e desatenta com as perdas do erário publico.O cenário em Rondônia não é diferente.

Chuva de ações

Uma verdadeira chuva de ações na justiça pode alterar o quadro de posse de deputados estaduais e federais eleitos de Rondônia em fevereiro. O partido mais prejudicado com os recursos seria o PSL que poderia perder um deputado estadual e um federal. A primeira alteração, como se sabe, foi à perda da cadeira de Jean Mendonça (Pimenta Bueno) que passou para Geraldo da Rondônia (Ariquemes).

Via Direta

*** Marcos Rocha é o único governador do País que ainda não divulgou seu quadro se secretários do primeiro escalão *** Indeciso e desconfiado, ele é alvo de pressões dos segmentos que teve apoio, principalmente do agronegócio *** Numa verdadeira gangorra, as águas do Rio Madeira, em Rondônia, sobem e descem a cada semana *** O governo Confúcio Moura/Daniel Pereira sai como recordista na construção de casas populares no estado nas últimas décadas*** Infelizmente a maior parte dos conjuntos foram entregues sem saúde, educação e segurança.


Escreva um comentário

Arquivos de colunas